O Papa: o momento é crucial, a resposta é a solidariedade

 

Francisco envia uma mensagem a Coldiretti para reiterar que a lógica do serviço e não do lucro é a “resposta global” à crise causada pela pandemia.

Alessandro De Carolis – Vatican News

A questão indiscutível é o recomeço, o “relançamento econômico e social da Itália”, que como todo mundo está procurando uma maneira de deixar para trás as dificuldades da pandemia. O que está no coração do Papa é “como” esta retomada deve ser implementada. Este é um trecho da mensagem do Papa Francisco a Coldiretti, Confederação Italiana de Agricultores Diretos, divulgada nesta terça-feira (15/12), assinada pelo secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin.A mensagem é uma forma de Francisco indicar o caminho que sempre foi considerado mais justo, aquele que pretende “repensar, ainda mais hoje a relação entre o homem, a natureza e o Criador como fator de profundo equilíbrio e comunhão”, afirma o Pontífice.


A lógica justa

As palavras do Papa foram divulgadas no dia em que a Coldiretti transmite ao vivo sua assembleia nacional intitulada “A Itália recomeça dos heróis do alimento”. Francisco reconhece, no esforço de renascimento do país, o “valor decisivo do mundo agrícola e agroalimentar”. O Pontífice pede que esta contribuição seja oferecida, buscando não a “lógica do lucro, mas do serviço, não da exploração dos recursos, mas do cuidado e atenção à natureza”, vista como uma “casa acolhedora para todos”.


Novos caminhos de solidariedade

A bênção do Papa a Coldiretti incentiva a coragem de “empreender sempre novos caminhos na estrada da caridade e da solidariedade, para uma resposta global e mais verdadeira ao fenômeno da pobreza e da desigualdade entre os povos, especialmente nesta fase crucial da história mundial”, conclui Francisco.