MANCHETES

audima

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Governo repassa veículos e kits para ações sociais no campo


Governador Carlos Massa Ratinho Junior entrega 54 veículos para escritórios da Emater no Interior do Estado. Curitiba, 24/07/2019 - Foto: Rodrigo Felix Leal/ANPr

ANPr
O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta quarta-feira (24), em Curitiba, 54 novos carros para a Emater, que serão utilizados para as ações do projeto Renda Família Paranaense e Agricultura Familiar no Campo. E mais 8 kits de equipamentos, acompanhados de um veículo cada um para modernização das Centrais de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar em municípios que fornecem alimentos para a Merenda Escolar e para a Aquisição Direta de Produtos da Agricultura Familiar.

A cerimônia de entrega das chaves e os equipamentos teve participação dos secretários estaduais da Agricultura, Norberto Ortigara; e da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

Na solenidade, o governador disse que prestigiar a Emater é fundamental diante do atendimento que ela faz junto ao agricultor ajudando a levar mais alimentos para o mundo. “Estamos liberando 54 carros para auxiliar as equipes da Emater a estarem presentes no campo, dar mais assistência ao agricultor e ajudá-lo na organização para atender programas importantes de Merenda Escolar e de Aquisição Direta de Alimentos, que garantem renda aos agricultores”, disse.

Segundo ele, o Paraná não seria o protagonista que é na produção de alimentos não fossem os técnicos e extensionistas da Emater que levam seu conhecimento e dedicação às famílias que produzem no campo. “Nós devemos criar as estruturas para que os técnicos façam esse trabalho e que o Paraná tenha mais capacidade de manter uma agricultura verde e sustentável, que é isso que vai atrair mais investimentos”, afirmou.

Os veículos (32 Volkswagem Gol e 22 Renault Duster) foram adquiridos com recursos captados pelo programa Família Paranaense, da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de R$ 2,5 milhões.

A modernização das Centrais Públicas de Recebimento e Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar nos pequenos municípios está sendo realizada por meio de um convênio entre o Ministério da Cidadania, Caixa Econômica Federal e o Governo do Paraná, coordenada pela Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, no valor de R$ 8,5 milhões. Desse total, R$ 8,37 milhões são oriundos do governo federal, e o restante contrapartida estadual.

Nesta quarta-feira, foram atendidos 8 municípios. Mas no total serão 105 os municípios beneficiados com o repasse do kit. Já houve a entrega dos equipamentos para 25 municípios.

TÉCNICOS E EXTENSIONISTAS - O secretário da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, lembrou que os técnicos e extensionistas da Emater são competentes no que fazem, desde o atendimento a uma família vulnerável no campo até o repasse de alta tecnologia a propriedades mais estruturadas. “Esses veículos vão melhorar o trabalho dos extensionistas para que eles possam chegar às famílias mais necessitadas para fazer uma horta para o consumo próprio e vender o que excedente para ter uma renda na propriedade”, disse.

Ortigara também ressaltou a importância da organização e da melhoria da logística de distribuição de alimentos por meio das Centrais de Distribuição, que estão sendo equipadas. “Esses kits vão ajudar os municípios a serem mais eficientes no repasse de alimentos para os programas Programa Nacional de Alimentação Escolar e Programa de Aquisição de Alimentos, com a redução de custos.

O secretário Ney Leprevost falou sobre trabalhar em parceria com o secretário Norberto Ortigara na viabilização de recursos para aquisição dos equipamentos necessários ao trabalho da Emater. “Trabalhamos prioritariamente para atender as famílias mais humildes que precisam do braço forte do Estado. Estamos proporcionando as oportunidades para que as famílias pobres no meio rural possam se desenvolver, melhorar de vida e prosperar graças a ajuda dos extensionistas da Emater, que vão tocar os projetos”, disse.

RENDA AGRICULTOR - O programa Renda Agricultor Familiar transfere recursos do Estado para as famílias vulneráveis no campo para produzir alimentos para o consumo próprio e vender na localidade onde se encontram e começar a ter uma renda mínima. O programa é executado em parceria pela Secretaria da Agricultura e Secretaria da Justiça, Família e Trabalho. Essas famílias são identificadas no campo e recebem o auxílio técnico da Emater para executar seus projetos.

O valor total do projeto Renda Agricultor é de aproximadamente R$ 15 milhões, dos quais mais de R$ 11 milhões já foram repassados. Neste ano, a intenção é ampliar o atendimento a mais 1,5 mil novas famílias.

Atualmente são 5,6 mil famílias rurais em situação de vulnerabilidade social em 156 municípios paranaenses atendidas, com o repasse de R$ 2 mil a R$ 3 mil. Esses recursos são investidos em ações de saneamento básico, produção de alimentos, além do apoio a processos produtivos como aquisição de insumos agrícolas, compra de ferramentas, máquinas e pequenos implementos, construção de instalações e acesso ao mercado.

Os agricultores atendidos vivem com uma renda mensal de até R$ 170,00 per capita. Também estão inclusas as populações indígenas, quilombolas, faxinalenses e pescadores. Os recursos também impulsionam o desempenho de atividades agrícolas como a compra de sementes, insumos e equipamentos.

Os extensionistas da Emater auxiliam a família beneficiada em projeto de estruturação da unidade produtiva familiar, que pode abranger atividades em três áreas: saneamento básico, com construção de banheiro e proteção de fontes, produção para autoconsumo e apoio a processos produtivos, como geração de renda por meio de atividades agrícolas e não agrícolas.

Os municípios beneficiados com e entrega dos veículos foram Ponta Grossa, Palmital, Pinhão, Turvo, Inácio Martins, Guamiranga, União da Vitória, Cerro Azul, Antonina, Marilândia do Sul, São Jerônimo da Serra, Cândido de Abreu, Pitanga, Londrina, Curiúva, Pinhalão, Campo Mourão, Moreira Sales, São Pedro do Paraná, Santa Cruz do Monte Castelo, Cruzeiro do Oeste, Cascavel, Vera Cruz do Oeste, Catanduvas, Boa Esperança do Iguaçu, Marquinho, Nova Laranjeiras, Rio Bonito do Iguaçu, Renascença, Itapeja D´Oeste, Pato Brando e Terra Rica.

KIT DE ALIMENTOS - O Kit é composto por veículo camionete, lavadora de alta pressão elétrica, carrinhos plataforma, balança de piso, caixas monoblocos de plástico dobrável resistente de Pallets (estrados plásticos) de polietileno de alta densidade. Cada Kit está avaliado em R$ 61.529,00.

O convênio firmado com o governo federal visa promover a melhoria na logística de recepção, conferência e distribuição dos produtos da agricultura familiar, nas centrais públicas dos municípios selecionados. As centrais são locais adequados para o recebimento dos alimentos regionais e distribuição qualificada para os programas PAA e PNAE.

Os kits foram entregues aos municípios de Alto Piquiri, Cruz Machado, Goioerê, Guaporema, Jardim Alegre, Joaquim Távora, Manoel Ribas e Pérola.