Navigation Menu

Fim de semana de muito frio e poucas chuvas



Boa parte dos municípios do Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem registrar os dias mais frios do ano. Há chance para geadas em quase todos os estados destas regiões


Por Daniel Popov
Muito já se falou sobre o frio guardado para este fim de semana. De fato as previsões se confirmaram e boa parte dos municípios do Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem registrar os dias mais frios do ano. Há também chance para geadas em todos os estados. Confira a previsão até domingo em todas as regiões do país.

SUL
O frio segue como o principal destaque da região na sexta-feira, apesar da possibilidade de algumas instabilidades entre o leste catarinense, leste e norte do Paraná. No restante da região Sul o tempo firme predomina. Com isso, a forte massa de ar polar traz previsão de geadas no oeste e sudoeste do Paraná e na maior parte do Rio Grande do Sul. Nas localidades catarinenses onde choverá, há chance de queda de neve.


No sábado está confirmada a previsão de dia mais frio do ano para toda a região Sul. Há condição de formação de geadas em parte dos estados. A sensação térmica será bastante fria mesmo durante a tarde, mas já não há previsão de neve.

No domingo o frio persiste com menor intensidade, mas ainda gera condição para geadas em praticamente toda a região. Durante a tarde a presença do sol já faz a máxima subir um pouco em relação ao dia anterior.


SUDESTE
No Sudeste as chuvas ainda predominam em alguns municípios de Minas Gerais e em praticamente todo o estado de São Paulo na sexta-feira. As temperaturas seguem em queda nos dois estados.


O domingo ainda será marcado pelo frio, mas o tempo deve ficar firme em praticamente toda a região. Há condição para formação de geadas amplas na no interior de São Paulo, sul de Minas Gerais e Triângulo Mineiro. Diversas cidades podem registrar a manhã e a tarde mais frias do ano, inclusive as quatro capitais da região.


CENTRO-OESTE
Uma frente fria organiza nuvens e chuvas em boa parte do Centro-Oeste na sexta-feira. Desta vez as instabilidades avançam mais pelo interior. A chuva é mais intensa no sul de Goiás. Já no norte de Goiás e norte de Mato Grosso o tempo continua firme e apenas com variação de nuvens. Por fim, tem previsão de declínio acentuado das temperaturas e previsão de geadas na faixa sul de Mato Grosso do Sul.


No Sábado o frio segue se alastrando pelo Mato Grosso do Sul e há chance para geadas. Ainda tem previsão de alguma chuva no extremo noroeste do Mato Grosso. No domingo, o frio se espalha por todo Centro-Oeste. Diversas cidades dos três estados devem registrar as manhãs e tardes mais frias do ano.

NORDESTE
Uma massa de ar mais seco predomina no interior do Nordeste e o tempo fica aberto e com poucas nuvens, garantindo grande amplitude térmica e ar seco durante a tarde. No Maranhão, áreas de instabilidade mantém a chuva na região. No sábado e domingo pouca coisa muda e o tempo firme deve predominar nas área agrícolas da Bahia e do Maranhão.


NORTE
Uma frente fria avança pelo interior do país e organiza a umidade da Amazônia. Assim há previsão de chuva retornando de forma generalizada para o Acre, Rondônia e sul do Amazonas. Além da chuva, este sistema provoca declínio das temperaturas. Apenas entre o Tocantins e o sudeste do Pará é que o tempo fica firme. No sábado, o destaque é a friagem, sendo que o Rio Branco e Porto Velho registram forte queda da temperatura no sábado e no domingo, com possibilidade de recordes de frio. NO domingo o frio já perde força, mas as chuvas seguem instaladas na região.


Fonte Canal Rural