Navigation Menu

Vereadores de Santo Antônio da Platina votaram no projeto que autoriza o reajuste dos próprios salários

Cinco vereadores foram a favor do projeto para reajustar os próprios salários — Foto: Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Platina/Divulgação


Cinco parlamentares foram a favor do reajuste e quatro contrários. Projeto foi votado em primeiro turno na noite de segunda-feira (24).



A Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro do Paraná, aprovou, em primeira votação, o reajuste de salários dos parlamentares na noite de segunda-feira (24). Cinco vereadores foram favoráveis ao projeto que aumenta os próprios salários de R$ 998 para R$ 4.251, e quatro contrários. Veja quem votou a favor e quem votou contra.


A favor do reajuste dos salários
  1. 1. Odemir Jacob (PHS) – presidente da Câmara
  2. 2. Luiz Flávio Reinutti Maiorky (PSDB) – vice-presidente
  3. 3. Genivaldo Marques (PSDB) – 1° Secretário
  4. 4. Rudinei Benedito Esteves (MDB) – 2° Secretário
  5. 5. José Jaime Paula Silva (PSDB)


Contra o reajuste dos salários
  1. 1. Mirian Rodrigues Bonomo Montanheiro (Podemos)
  2. 2. Luciano de Almeida Moraes (PTB)
  3. 3. Jefferson Vernier (PHS)
  4. 4. Edson Muniz Gonçalves (PHS)

]

Quatro veradores votaram contra o projeto — Foto: Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Platina/Divulgação


Primeiro turno
A votação precisou do voto de desempate do presidente da Casa. A discussão do projeto em segundo turno está marcada para quinta-feira (27), às 13h30. Se aprovado, o aumento passa a valer em 2021.

Vereadores favoráveis ao aumento de salário saíram escoltados pela Polícia Militar (PM).

Outro projeto criticado por parte da população, que prevê o aumento de vagas na Câmara de nove para 13, seria discutido nesta segunda, mas foi retirado de pauta.


Moradores lotaram a Câmara de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro, nesta segunda-feira (24) — Foto: Fábio Silveira/RPC