MANCHETES

audima

domingo, 23 de junho de 2019

Presos libertam refém e encerram rebelião na cadeia de Ibaiti

Três veículos foram incendiados durante a rebelião — Foto: PM/Divulgação

Motim começou no fim da tarde de sábado (22) e encerrou por volta das 5h de domingo (23). Durante a rebelião, carros foram incendiados e armas de fogo quebradas.


Presos da cadeia pública de Ibaiti, no Norte Pioneiro, libertaram o agente penitenciário que era feito refém e acabaram com a rebelião neste domingo (23). Segundo a Polícia Militar (PM), o motim começou por volta das 17h de sábado (22) e terminou às 5h. O agente não se feriu.

Rebelião danificou cadeia pública de Ibati — Foto: PM/Divulgação

A rebelião iniciou depois que os detentos arrombaram uma das portas da galeria e renderam o agente penitenciário. Durante o período de negociações, o entorno da cadeia foi isolado pela PM, e um princípio de incêndio chegou a ser registrado.

Armas que estavam em um cofre da delegacia foram quebradas — Foto: PM/Divulgação

Os presos quebraram cadeados de galerias e danificaram a parte administrativa da delegacia. Cinco armas de fogo, entre elas submetralhadora e espingardas, que estavam dentro de um cofre foram quebradas pelos rebelados. Três carros que estavam do lado de fora da cadeia ficaram destruídos após um incêndio.

Neste domingo, a polícia informou que durante a rebelião 11 detentos conseguiram escapar da unidade prisional, mas três deles já tinham sido recapturados até as 9h30. Dois internos, identificados como líderes do motim, foram transferidos para Londrina.

Ainda segundo a PM, havia 83 presos quando a rebelião começou. A cadeia foi projetada para receber 30 detentos.

Por meio de nota, o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) informou que a rebelião começou quando o agente retirava o lixo. Foram registrados danos no telhado, em algumas paredes e equipamentos foram quebrados. Por isso, os presos foram encaminhados para o pátio enquanto os reparos emergenciais são realizados. A segurança no local foi reforçada até a conclusão dos trabalhos de recuperação.