MANCHETES

audima

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Chega a 99 número de mortes por rompimento da barragem em Brumadinho, há 259 desaparecidos


(Reuters) - Subiu para 99 o número de mortes confirmadas em decorrência do rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração operada pela Vale em Brumadinho (MG) e ainda existem 259 pessoas desaparecidas por conta do desastre, informou a Defesa Civil de Minas Gerais.

De acordo com o tenente-coronel Flávio Godinho, coordenador da Defesa Civil mineira, 57 dos 99 corpos resgatados até agora já foram identificados pelas autoridades depois do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão que jogou uma onda de lama e devastou a sede administrativa da Vale na mina, uma pousada e a cidade de Brumadinho.

Por Eduardo Simões, em São Paulo