STJ determina pagamento adicional de 25% a aposentados que precisam de assistência de terceiros - Jornal de Ibaiti

STJ determina pagamento adicional de 25% a aposentados que precisam de assistência de terceiros



SÃO PAULO (Reuters) - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta quarta-feira que aposentados que necessitam de assistência de terceiros, como cuidadores e enfermeiros, por exemplo, têm direito a receber um adicional de 25 por cento em seus benefícios, ainda que a soma total da aposentadoria ultrapasse os limites previstos em lei.

A decisão foi tomada por 5 votos a 4 pela 1ª Seção do tribunal e vale para todas as modalidades de aposentadoria, quando houver comprovação de que há necessidade de assistência, informou o STJ. A decisão tende a ser seguida por instâncias inferiores em pedidos semelhantes.

Em dezembro, o tribunal havia suspendido a tramitação das ações sobre o mesmo tema em tramitação no país, uma vez que a 1ª Seção decidiria o tema. O colegiado reúne os dez ministros especializados em Direito Público e julga processos em que há divergência entre as duas Turmas especializadas no tema.

O tribunal informou não saber do impacto orçamentário da decisão. O Ministério da Fazenda não comentou o veredito, mas disse por intermédio de sua assessoria de imprensa que está analisando o caso e eventuais recursos.

A decisão foi tomada a partir do voto da ministra Maria Helena Costa, que ampliou o entendimento sobre a necessidade de apoio governamental aos aposentados que precisam de assistência. O processo visava o pagamento de adicional apenas para os aposentados por invalidez, mas a decisão abrange todas as categorias de aposentadoria.

“Não podemos deixar essas pessoas sem amparo”, disse a ministra, segundo comunicado do STJ.

Compartilhe:

 
Copyright Editora MR 2007 © Jornal de Ibaiti. Designed by OddThemes