Navigation Menu

Sepúlveda conversará com Lula para definir futuro como advogado do ex-presidente






BRASÍLIA - O advogado Sepúlveda Pertence vai conversar em breve com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a fim de definir o futuro dele e da sua equipe como integrantes da defesa jurídica do petista, afirmou um dos filhos de Sepúlveda, Evandro Pertence, à Reuters.

Evandro disse que ainda não há uma decisão tomada sobre se seu pai vai deixar a defesa do ex-presidente. Afirmou que uma decisão sobre o assunto só ocorrerá após encontro de Lula e Sepúlveda, sem data a ocorrer.

Evandro destacou que a carta que levou pessoalmente a Lula não é tecnicamente de renúncia da equipe liderada pelo pai. O manuscrito descreve uma série de críticas —sem citar nomes— a atuação da outra equipe de advogados que representa judicialmente Lula, liderada por Cristiano Zanin Martins.

Questionado se a tendência era de a equipe deixar a defesa do ex-presidente, Evandro disse que não há posição previamente definida. “Pode haver diversos desdobramentos”, afirmou. “Não necessariamente deixar a defesa”, completou.

O maior entrevero entre as duas bancas diz respeito a uma suposta desautorização de Sepúlveda —ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)— em atuar perante aquela corte.

A equipe de Sepúlveda passou a integrar a defesa de Lula em fevereiro, pouco após ele ter sido condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do tríplex do Guarujá (SP).

O objetivo era reforçar a atuação de Lula nas cortes superiores e tentar evitar que ele fosse preso após o fim dos recursos em segunda instância. Esse objetivo, no entanto, não foi alcançado e o petista está preso desde 7 de abril na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba.