Aprovada indicação de Ferreira Simões para a embaixada do Brasil no Uruguai - Jornal de Ibaiti

Aprovada indicação de Ferreira Simões para a embaixada do Brasil no Uruguai





Por 46 votos favoráveis, quatro contrários e uma abstenção, o Plenário aprovou nesta terça-feira (10) a indicação do diplomata Antônio José Ferreira Simões para o cargo de embaixador do Brasil no Uruguai. A aprovação da indicação, relatada pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF), será comunicada à Presidência da República.

Entre as funções desempenhadas por Ferreira Simões, estão a de chefe do Núcleo de Coordenação da Área de Livre Comércio das Américas (1999/2001), chefe da Secretaria de Planejamento Diplomático (2005/2006) e embaixador em Caracas, na Venezuela (2008/2010). Desde 2015, o diplomata é embaixador na Espanha.

Ao ser sabatinado na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), em maio, Antônio Simões explicou aos senadores que uma das diretrizes do governo uruguaio nos últimos anos tem sido priorizar o acúmulo de reservas cambiais, que já equivalem a quase um terço do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Essas reservas, da ordem de U$ 18 bilhões, devem impedir que o Uruguai seja fortemente afetado pela instabilidade econômica por que vem passando a Argentina. E, com isso, fortalecer os laços do Uruguai com outros países, como China e Brasil.

Ferreira Simões anunciou aos senadores ainda que dará continuidade em Montevidéu a tratar o Uruguai como uma das prioridades da agenda externa brasileira.

Uruguai
O Uruguai tem população de 3,44 milhões de pessoas e é um dos principais parceiros do Brasil na América do Sul. No âmbito comercial, o intercâmbio revela-se superavitário em relação ao Brasil. Em 2017, o Brasil foi o segundo maior fornecedor de produtos para o Uruguai compondo 17,8% das exportações, atrás apenas da China (21,4%). O Brasil também foi o segundo destino das importações uruguaias (19,6%), atrás, por igual, da China (19,7%).

As exportações brasileiras para o Uruguai são compostas, principalmente, por óleo bruto de petróleo, automóveis de passageiros, veículos de transporte de mercadorias, carne suína, mate, minério de manganês e açúcar refinado. Já o Uruguai exporta para o Brasil, especialmente, leite e nata, malte, energia elétrica, arroz, embalagem de plástico para transporte, margarina, borracha não vulcanizada, queijo e requeijão, tubos e perfis ocos de ferro ou aço e carne bovina.


Embaixador Antonio Simões
O Embaixador Antonio Simões é diplomata de carreira. De 2010 a 2015, foi Subsecretário-Geral da América do Sul, Central e do Caribe, do Ministério das Relações Exteriores. Foi, também, Embaixador do Brasil em Caracas, de 2008 a 2010. Como Subsecretário-Geral da América do Sul, Central e do Caribe, o Embaixador Antonio Simões foi Coordenador Nacional do Mercado Comum do Sul (MERCOSUL), da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) e da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC). Foi também o representante brasileiro na Comissão Interina de Reconstrução do Haiti (2010). Formado em Direito pela Universidade de Brasília, o Embaixador Antonio Simões ingressou, em 1981, no Instituto Rio Branco, academia responsável pela formação do corpo diplomático brasileiro. Durante a maior parte de sua carreira, trabalhou com temas econômicos: foi negociador agrícola durante a Rodada Uruguai (GATT/OMC), serviu na missão do Brasil em Genebra e foi negociador da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA), de 1999 a 2003. Em 2015, coordenou o lançamento das negociações do Acordo Comercial Expandido Brasil-México. No âmbito multilateral, o Embaixador Antonio Simões serviu na Missão brasileira junto à ONU, em Nova York, e foi o primeiro Diretor do Departamento de Energia do Itamaraty (2006–2008), onde coordenou a negociação do Acordo Brasil-Estados Unidos sobre Biocombustíveis. O Embaixador Antonio Simões é também autor de dois livros, publicados pela Fundação Alexandre de Gusmão: "Integração: sonho e realidade na América do Sul" (2011) e "Eu sou da América do Sul" (2012). 
Nascido em 1960 no Rio de Janeiro, o Embaixador Antonio Simões é casado e tem dois filhos.

Fonte: Ministério das Relações Exteriores - Esplanada dos Ministérios Bloco H Anexo | CEP 70170-900 Brasília DF 



Compartilhe:

 
Copyright Editora MR 2007 © Jornal de Ibaiti. Designed by OddThemes